Equipamento de Engenharia Civil auxilia na prevenção de desastres naturais

Conhecida pelo histórico de cheias, as mais recentes em 2011 e 2008, Brusque já sofreu muito com deslizamentos e erosões de terra. Para auxiliar a comunidade na prevenção destes desastres naturais e aprofundar o estudo de seus acadêmicos no assunto, agora o curso de Engenharia Civil da UNIFEBE conta com uma prensa de cisalhamento direto.

O equipamento é único em Brusque e região e tem como função principal verificar a resistência do solo, permitindo que as informações obtidas auxiliem no projeto de fundações de solos, de cortes em encostas, entre outros.

Com a aquisição, mais de 100 equipamentos de diversas complexidades contribuem com a formação dos acadêmicos do curso de Engenharia Civil da UNIFEBE. A prensa será usada em disciplinas voltadas à Mecânica dos Solos.

O coordenador Jaison Homero de Oliveira Knoblauch destaca que a máquina incentiva a pesquisa dos acadêmicos.

 — Proporcionaremos aos estudantes uma melhor prática acadêmica, impulsionaremos a pesquisa e ainda poderemos estender o equipamento à comunidade e ao poder público — ressalta.

O professor Celso da Silva Mafra Júnior, que ministra as disciplinas de Mecânica dos Solos 1 e 2 e Fundações, explica que o cisalhamento é utilizado para medir propriedades do solo, como ângulo de atrito e coesão.

Conforme ele, muitos projetos são feitos atualmente de maneira empírica, não respeitando os limites de resistência do solo. No entanto, na enchente de 2008 em Brusque percebeu-se que produzir projetos sem dados reais pode trazer consequências graves.

— Agora, podemos auxiliar no trabalho de prevenção, já que com a prensa é possível fazer o mapeamento do solo e saber, por exemplo, qual a estabilidade de um determinado talude ou o qual o tamanho mais adequado para uma fundação — explica o professor.

Deixe sua opinião