Eduardo Pinho Moreira acompanha em Itapema etapa do mundial de vôlei com dobradinha de ouro para o Brasil

Pela primeira vez na história, Santa Catarina sediou uma das etapas do Campeonato Mundial de Vôlei de Praia. O governador Eduardo Pinho Moreira acompanhou, na manhã deste domingo, 20, em Itapema, a disputa da final que deu o ouro para as duas duplas brasileiras: Ágatha e Duda, no feminino; e Evandro e André, no masculino. Na arena montada na Meia Praia, o governador participou da premiação e entregou os troféus aos vencedores. Antes dos jogos, a prefeita de Itapema, Nilza Simas, confirmou que o município sediará novamente o evento no ano que vem.

TORCIDA EM FAMÍLIA

Acompanhado do filho, Paulo Fretta Moreira, e dos netos Eduardo e Letícia, o governador vibrou a cada ponto conquistado pelos brasileiros em quadra. Da arquibancada e com a arena totalmente lotada, Moreira afirmou que a capacidade de Santa Catarina em atrair eventos como este, reflete em mais qualidade de vida para a população.

“O governo tem que estar voltado para o povo, e o esporte traduz muito bem a dimensão desta missão porque une as famílias, ensina, emociona e contagia. Nosso compromisso é dar as condições para que isso multiplique-se cada vez mais”, comentou Eduardo Moreira.

 

Unidos pelo espírito esportivo, pelo legado educativo e recreativo, o evento colocou do mesmo lado da arquibancada o pequeno Dimitri Macry, de 8 anos, que estava com os pais, e seu Adnésio Dias, de 77 anos.

Para a família do menino, o evento valoriza a cidade, as pessoas e permite prestigiar de perto algo que só acompanhavam pela televisão. “Nossa juventude precisa disso, de oportunidade, de convívio saudável, do contrário, perdemos para a violência”, observa o aposentado que acompanhou os jogos ao lado da esposa Noêmia Dias, de 67 anos.

O TORNEIO

A etapa de Itapema é considerada quatro estrelas, esse parâmetro leva em conta o valor da premiação, podendo chegar, no máximo a cinco estrelas. Os vencedores somam 800 pontos para o ranking geral, que define os campeões da temporada.

Desde a criação do giro internacional do torneio, em 1989, o Brasil recebe ao menos uma etapa da competição, por temporada. “No ano que vem Santa Catarina terá o privilégio de estar neste roteiro novamente, é uma alegria muito grande poder dar esse verdadeiro presente para a nossa gente”, comemorou o secretário do Turismo, Cultura e Esporte, Tufy Michreff Neto. Na edição de 2018, o Estado é parceiro do evento com mais de R$ 200 mil. A etapa transmitida ao vivo de Santa Catarina teve repercussão nacional e mundial.

Deixe sua opinião