EDINEY PUTSCH: “NINGUÉM É CONTRA A REALIZAÇÃO DE OBRAS IMPORTANTES”

O advogado Ediney Putsch, autor da denúncia à Polícia Ambiental Militar disse que “ninguém é contra a realização de obras importantes para o desenvolvimento do município” e que não vai entrar no mérito da Beira Rio. “Porém, é inconcebível que administrações públicas façam empreitadas sem dar a devida atenção a questões como a proteção da fauna e da flora”, destacou. “Também não se pode admitir que as ações governamentais coloquem em risco a população no entorno da área afetada, como já foi feito anteriormente, por pura questão política. Efetivamente, foi a falta de comprovação, pelo poder público, dessas três premissas que motivaram a denúncia”.

Confirmou que, ao iniciar as obras, “a administração municipal não tinha qualquer estudo de impacto ambiental e mesmo projeto, o que ficou comprovado pelo resultado da vistoria realizada pelo órgão ambiental. Com isso, não pode haver a continuidade nas áreas com vegetação nativa, sem que sejam apresentados os resultados de que o que eles pretendem não vai degradar a fauna e a flora de forma irreparável”. E destacou: “Importante esclarecer que o órgão ambiental não paralisou as obras em locais que não possuem vegetação nativa”.

        Não foi aplicada outra penalidade à administração. Mas, se vier a acontecer, “haverá a instauração de inquérito por crime ambiental”. Ediney Putsch espera que “sirva de alerta para a administração de que não se pode fazer nada porque alguém berrou que deveria ser feito. A legislação ambiental deve ser cumprida, para a manutenção de um sistema equilibrado, em que se de atenção para o desenvolvimento da cidade, mas, também, para que haja respeito a fauna e a flora. Além disso, espero que a população, de forma geral, crie a consciência da importância de lutar pela preservação do meio ambiente e da necessidade de atuação quando o poder público cometa alguma infração”.
Tags:

Deixe sua opinião