Desembargador federal Jorge Antonio Maurique toma posse como juiz substituto do TRE-SC

Tomou posse, nesta segunda-feira (25), como juiz substituto no Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina, na classe de juiz federal, o desembargador Jorge Antonio Maurique.

Em seu discurso de posse, o desembargador federal agradeceu a oportunidade de atuar pela terceira vez na Justiça Eleitoral catarinense. O magistrado já havia sido juiz substituto, de 2002 a 2004, e juiz efetivo, de 2006 a 2008, no Pleno do TRE-SC.

“É um momento muito especial. Retorno em um momento de valorização da Justiça Eleitoral, já reconhecida mundialmente e recentemente mais fortalecida pela decisão do Supremo Tribunal Federal, que diz que a Justiça Eleitoral tem a competência para apreciação e julgamento de crimes correntes”, enfatizou o desembargador.

O presidente do TRE-SC, desembargador Ricardo Roesler, ao empossar o magistrado, elogiou o seu trabalho, comentando que: “nós só temos a agradecer e enaltecer a sua presença em razão da sua competência, sabedoria e serenidade. Estes atributos fortalecerão ainda mais os pilares da Justiça Eleitoral catarinense”.

Currículo

O desembargador Jorge Antonio Maurique, natural de São Luiz Gonzaga-RS, é formado em Direito pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Atuou como advogado de 1985 até 1987, quando assumiu o cargo de juiz substituto/juiz de direito no Tribunal de Justiça de Santa Catarina. Ingressou na magistratura federal da 4ª Região em setembro de 1993, tendo atuado nas subseções de Caxias do Sul, Criciúma, Porto Alegre e Florianópolis, bem como na qualidade de juiz federal, convocado pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região.

Em fevereiro de 2012, foi nomeado ao cargo de desembargador federal do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4). De julho de 2004 a junho de 2006, presidiu a Associação dos Juízes Federais do Brasil (AJUFE) e, no período de 2007 a 2009, foi conselheiro do Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

Exerceu por duas vezes o cargo de juiz do pleno do Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina (TRE-SC), na categoria juiz federal, de 2002 a 2004, na qualidade de substituto, e de 2006 a 2008, como titular.

Deixe sua opinião