Curso de Guia de Turismo é ofertado pelo SENAC e Convention & Visitors Bureau

Quem tiver interesse em se profissionalizar na área turística tem a oportunidade de realizar o curso de guia turístico ofertado pelo Vale dos Teares Convention & Visitors Bureau em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAC). O curso colabora com a execução de uma das metas do Plano de Turismo (PDITS) de Guabiruba, que prevê ações de capacitação e articulação com centros de ensino para ofertar cursos não regulares que atendam a necessidade de profissionalizar a mão de obra da cadeia produtiva do turismo.

A assistente administrativa da Diretoria de Turismo de Guabiruba, Bianca Lemos, que é formada em guia de turismo no Rio de Janeiro, ressalta que a carreira é uma das poucas regulamentadas na área com formação multidisciplinar. “Os interessados precisam gostar primeiramente de turismo e de lidar com pessoas, como também de história, artes, geografia e economia. Precisa ainda ter noções de primeiro socorros e oratória. Um dos grandes diferenciais no mercado de trabalho será a formação em outras línguas, principalmente o inglês e na região sul, o espanhol”, destaca.

O guia de turismo é o responsável pela recepção, condução, orientação e assistência de pessoas ou grupos durante traslados, passeios, visitas e viagens em âmbito regional, nacional, América do Sul e Internacional. Esse profissional informa sobre aspectos socioculturais, históricos, ambientais e geográficos. Apresenta e organiza roteiros de visitas e itinerários turísticos, considerando os interesses e as necessidades do visitante. Atua em organizações públicas e privadas do segmento do turismo, tais como agências de viagem, operadoras turísticas, museus, centros culturais, parques naturais e temáticos, por meio da prestação de serviços autônomos, temporários ou contrato efetivo.

Para o diretor de Turismo Andrei Müller, é essencial a articulação com as associações, consórcios e demais interlocutores para que o Plano de Turismo continue fluindo. “Conforme o próprio plano nos traz, cada entidade é uma engrenagem, com a soma destas e unindo forças poderemos desenvolver a atividade turística em nossa região”, pontua. “Nesse contexto do desenvolvimento do turismo, precisaremos de guias turísticos na cidade”, complementa.

O curso de Guia de Turismo

A capacitação possui duração de 800 horas em 13 meses e é a distância, embora tenha encontros presenciais. A aula inaugural será no dia 10 de abril, às 19h, por meio do Encontro Conectado, no qual os alunos interagem com o tutor, em tempo real, em uma webconferência.

O investimento é de 4 parcelas fixas de R$ 299. A cada módulo subsequente, o aluno realizará rematrícula. O número de parcelas poderá variar conforme a duração do módulo, sendo o calor total do curso R$ 5.382. As informações completas podem ser acessadas no link http://www.ead.senac.br/cursos-tecnicos/tecnico-em-guia-de-turismo/?uf=SC&p=3059&c=Brusque#aba1.

Deixe sua opinião