Construção civil: seminário discute edificações sustentáveis

Edificações mais sustentáveis, com redução de custos e otimização do tempo, estão entre os principais ganhos com inovação na construção civil. O tema foi abordado quinta-feira (17) no segundo Seminário de Inovação e Tecnologia na Construção Civil. O evento foi realizado pela Fiesc, em Florianópolis, por meio da Câmara de Desenvolvimento da Indústria da Construção. Seis indústrias catarinenses relataram práticas desenvolvidas para elevar a eficiência dos seus produtos.
O presidente da Fiesc, Glauco José Côrte, destacou que Santa Catarina ocupa a quinta posição no País em número de estabelecimentos na construção civil e reponde por 6% da produção de riquezas do Estado. “Nosso entendimento é que pela expressividade do setor deveríamos avançar no país em termos de políticas públicas mais claras para estimular a atividade, cuja redução em períodos de crise é fortemente sentida pela baixa atividade do setor e também pela redução do nível de emprego, que está acontecendo, inclusive, em Santa Catarina. O segmento vem sentindo muito os efeitos dessa crise”, destaca Côrte. “Acompanhamos o setor e sabemos que ele está empenhado na melhoria da qualificação e da produtividade e na busca de inovação por meio de novas tecnologias. O setor acompanha, sobretudo, em Santa Catarina, muito de perto o que está acontecendo no mundo, alinhado às tendências mundiais em automação de processos, novos materiais e sustentabilidade”, completou.

Deixe sua opinião