Comércio estima crescimento de 2,7% para o Dia dos Namorados

Uma pesquisa realizada em todas as regiões de Santa Catarina mostrou que este ano o consumidor deve gastar, em média, 2,7% a mais com presentes para o Dia dos Namorados. O número representa o aumento do gasto médio de R$ 173,76 registrado em 2018, para R$ 178,53 registrado em 2019. Apesar de pequeno, o avanço é maior do que as variações registradas no Dia das Mães (2,2%) e na Páscoa (-0,2%).

O Vale do Itajaí se destaca como a região com o maior gasto médio: Blumenau lidera com R$ 211,10, seguido de Itajaí, com R$ 204,50. Chapecó está em terceiro (R$ 175,17). Os valores mais baixos foram registrados em Lages (R$ 156,55), Joinville (R$ 166,17) e Criciúma (R$ 167,66). Na Capital, a pesquisa apontou R$ 168,45. Das sete cidades pesquisadas, apenas Florianópolis e Lages registraram queda.

Com a inadimplência em alta, a preferência é pelo pagamento em dinheiro, opção citada por 65,4% dos entrevistados. Mas também há aqueles que preferem pagar com cartão de crédito (13,5%) e com cartão de débito (10%). A principal preocupação entre os consumidores é com o preço do produto ou serviço, seguido pelo atendimento e por promoções. Por isso, 70,2% deles vão pesquisar antes de fechar a compra.

Ainda segundo o estudo, o presente mais procurado é do setor de vestuário, opção citada por 47,8% dos entrevistados. Em seguida, estão perfumes e cosméticos (18,6%) e calçados e bolsas (11,1%). Além do presente, 41,7% afirmam que irão sair para almoçar ou jantar, e 5,2% planejam alguma viagem especial. Os dados são da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de Santa Catarina (Fecomércio/SC).

Deixe sua opinião