CHILENOS VISITAM TRE-DF PARA CONHECER SISTEMA DE VOTAÇÃO BRASILEIRO

O Tribunal Regional Eleitoral do Distrito Federal (TRE-DF) recebeu na última sexta-feira (23) a visita de uma comitiva da Embaixada do Chile formada pelo ministro conselheiro do Chile, Jaime Chomali, e a segunda secretária e cônsul do Chile no Brasil, Irene Acevedo. O assessor-chefe da Assessoria de Assuntos Internacionais do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Tarcisio Costa, acompanhou as autoridades.
A comitiva foi recepcionada pelo presidente do TRE-DF em exercício, desembargador José Cruz Macedo, pelo juiz da Zona Eleitoral do Exterior (ZZ), Aimar Neres de Matos, pelo diretor-geral do TRE, Arthur Cezar da Silva Junior, e pelo coordenador de Infraestrutura, Carlos Roberto de Menezes.
Durante o encontro, foi realizada uma apresentação sobre o funcionamento da Zona Eleitoral do Exterior e uma explanação sobre a urna eletrônica.
A visita dos representantes visa cumprir uma programação em vários países, que tem como objetivo conhecer a organização das eleições locais, tendo em vista que o Chile aprovou um novo sistema eleitoral que substituirá o binomial implantado pelo governo de Augusto Pinochet.

O novo sistema, que entrará em vigor nas eleições parlamentares de 2017, conta com maiores níveis de proporcionalidade e representatividade e estabelecerá cotas ímpares em determinados distritos, o que levará ao fim do empate entre as duas principais coalizões. Também aumentará o número de deputados, de 120 para 155, e de senadores, de 38 para 50, com o objetivo de dar maior representatividade aos lugares com maior número de habitantes.

Deixe sua opinião