Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL) está otimista com o aumento das vendas em relação ao ano passado

Após a Páscoa dos últimos anos ter sido marcada por “lembrancinhas” por conta da crise, pesquisa aponta que sete a cada 10 consumidores pretendem ir às compras para garantir os presentes deste ano. O estudo foi realizado pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil).
Entre esses consumidores, 35% disseram que vão desembolsar a mesma quantia do ano passado, 32% devem gastar mais e 25% menos. O valor do tícket médio no Brasil será de R$ 195,52.
Em Guabiruba (SC), a expectativa é que as vendas acompanhem o cenário nacional. Segundo o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) da cidade, Giovani Ricardo Piaz, a Páscoa deve ser marcada pelo aumento nas vendas de chocolates e presentes.
“Estamos bastante otimistas. Acreditamos que o nosso município também deve acompanhar ou até superar o cenário nacional, em que cerca de 70% pretendem ir as compras para presentear nesta Pascoa”, avalia.
Produtos
A sondagem também mostra que 43% dos consumidores pretendem adquirir a mesma quantidade de produtos da Páscoa de 2018, 41% desejam comprar mais e somente 11% menos. Em média, a expectativa é de que os consumidores comprem pelo menos seis produtos cada.
Os principais presenteados serão os filhos (59%), os cônjuges (42%), a mãe (41%) e os sobrinhos (33%). Já 27% vão presentear a si próprios.

Deixe sua opinião