Audiência Pública – Pílula de combate ao câncer

Evento será nesta quinta, 9, com a participação de Carlos K. Witthoeft, o morador de Pomerode que produzia em casa cápsulas da substância

A Câmara Municipal de Brusque realiza nesta quinta-feira, 9, às 18h30, audiência pública sobre a Fosfoetanolamina, a pílula do câncer. O tema foi proposto pela vereadora Marli Leandro (PT), em requerimento aprovado pelo plenário no mês de março. O evento é uma parceria com aComissão de Saúde da Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc).

Para discorrer sobre o assunto, a casa legislativa recebe Carlos Kennedy Witthoeft, o morador de Pomerode que aprendeu a fazer a “pílula do câncer” com o pesquisador Gilberto Orivaldo Chierice, que ganhou notoriedade pelos estudos sobre a substânciaconduzidos noInstituto de Química de São Carlos da Universidade de São Paulo (USP).Há cerca de um ano, a imprensa divulgava a prisão de Witthoeft, por produzir a “pílula do câncer”, em casa, sem autorização. As cápsulas teriam sido entregues gratuitamente a diversas pessoas, não só para o tratamento contra o câncer, mas de outras enfermidades.

A audiência pública deve contar com a presença da deputada estadual Ana Paula Lima (PT), presidente da Comissão de Saúde da Alesc. Estão sendo convidados para o debate representantes de órgãos públicos municipais e estaduais, de entidades empresariais e da sociedade civil, das instituições de ensino superior do município e dos três hospitais de Brusque. A Câmara também providenciou o envio de convites às prefeituras e câmaras municipais de Guabiruba, Botuverá, Gaspar, Blumenau, Itajaí, Canelinha, São João Batista, Nova Trento e Tijucas.

Confira a seguir o requerimento da vereadora, na íntegra:

CONSIDERANDO: todo o debate em torno da fosfoetanolamina, que ficou conhecida como a ‘pílula do câncer’;

CONSIDERANDO: que até o momento a efetividade do medicamento carece de comprovação científica, em razão da falta de pesquisas oficiais;

CONSIDERANDO: a importância de fazer o quanto antes todo o processo de estudos e pesquisas científicas sobre o produto;

A Vereadora abaixo subscrita, com amparo regimental, requer a Vossa Excelência seja submetida à deliberação do Plenário desta Casa o presente requerimento para realização de Audiência Pública para debater sobre o tema.

Requer-se, ademais, que tal Audiência seja realizada em parceria com a Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa do Estado, encaminhando-se a tal entidade solicitação para agendamento da data de realização do debate.

Deixe sua opinião