AtriBrusque conquista bons resultados na segunda etapa do Circuito de Maratonas Aquáticas

Se sexta-feira (12) foi feriado em todo o Brasil, quem não teve nenhuma moleza foram os atletas da Associação de Triathlon de Brusque (AtriBrusque), que marcaram presença na travessia Fuga Espanhola, em Florianópolis. Ocorrida na região da Praia de Ponta das Canas, a somatória das duas provas em sequência foi de quatro quilômetros, percorridos em mar bastante revolto, com muitas ondas e vento.
O atleta brusquense Charles Dadam comenta que, originalmente, a travessia deveria dar a volta na Ilha do Francês. Porém, por razões de segurança, optou-se por nadar próximo à costa. “Esta foi a segunda prova do Circuito de Maratonas Aquáticas, devendo acontecer a terceira etapa em novembro na Lagoa do Peri, em Florianópolis”, destaca. “Quando estamos diante de um mar agitado é necessário manter bastante a tranquilidade e resguardar a técnica do nado, para que não comprometa a segurança do nadador. Pois a adrenalina e a ansiedade tendem a tomar conta nessas horas”, completa.
Como foram os brusquenses
Na faixa-etária de 35 a 39 anos, o nadador Marcelino Benvenutti ficou com a primeira colocação, ao percorrer a travessia em 52 minutos. Sandro Alex Lemmermeier, por sua vez, competidor da categoria 50 a 54 anos, ficou em quarto, após uma hora e três minutos de prova. Charles Albani Dadam, por fim, completou o percurso em 59 minutos e ficou com a quinta colocação na categoria 55 a 59 anos.

Deixe sua opinião