ATLETA DA ATRIBRUSQUE REPRESENTA A EQUIPE EM COMPETIÇÃO NO PARANÁ

A Atribrusque/Extreme Academia estará representada em uma das competições de triatlo mais antigas e cobiçadas do Paraná, o Sesc Triathlon, etapa de Caiobá, em Matinhos. O atleta Christian Felipe Batista da Silva vai fazer a prova neste domingo (19), às 9h. Será um circuito olímpico, com 1,5 quilômetros de natação, 40 km de ciclismo e mais 10 de corrida.

Christian tem 24 anos, mas competirá pela primeira vez na categoria de 25 a 29, pois nasceu em 1992. “A experiência faz toda a diferença no triatlo. Nesta nova categoria vou enfrentar uma concorrência bem mais qualificada. Os atletas de 27 anos para cima costumam alcançar um nível superior na modalidade. Isso vai ser bom para mim que vou me esforçar para também continuar evoluindo e quando chegar aos 27 estar em outro patamar”, comenta o atleta da Atribrusque.

O objetivo de Christian é fazer a prova em menos de 2 horas e 30 minutos. “Pra isso estou treinando forte, com a ajuda do meu treinador, Guilherme Campos. Faço dois treinos por dia, normalmente um de natação e um de corrida durante a semana. Nos finais de semana treinos longos de ciclismo seguidos de transição para a corrida. Mas na verdade o objetivo é a preparação para o Ironman 70.3, de Lima. Usarei a Sesc Triathlon Caiobá para me preparar para esta prova no Peru”.

A prova internacional será o chamado Meio Ironman, onde os atletas devem percorrer 1,9 quilômetros a nado, 90 km pedalando e mais 21 correndo. “Minha primeira prova de triatlo foi justamente um Meio Iron. Disputei o Challenge de Florianópolis no começo de 2015. Acabei completando em pouco mais de 5 horas e 15 minutos. Eu ainda não tinha tanto treino na época e a corrida acabou pesando um pouco para mim. A expectativa é ser mais rápido agora em Lima”. O Meio Ironman do Peru acontece em 23 de abril.

Esta vai ser a primeira prova de Christian com distâncias olímpicas. Além do Iron 70.3, ele também disputou provas chamadas de Short, ou seja: 750 metros de natação, 20 quilômetros de ciclismo e 5 km de corrida. “Disputei o GP Summer de Balneário Camboriú, em outubro, e fui 5º colocado. Um mês antes fui campeão no GP Extreme de Bombinhas”. Na época, o atleta da Atribrusque ainda fazia parte da categoria de 18 a 24 anos.

Deixe sua opinião