Ataque à caravana de Lula: boatos são base de 6 das 10 notícias mais compartilhadas

Seis das dez notícias mais compartilhadas no Facebook sobre os tiros contra os ônibus da caravana do ex-presidente Luiz Inácio Lula s Silva na última terça-feira, 27 de março, no Paraná são falsas. Os boatos, de diferentes sites, afirmam que Lula e sua militância teriam armado os ataques e não tem qualquer base factual para fazer tal afirmação. A polícia do Paraná investiga o caso e ainda não houve identificação dos suspeitos do ataque.

O levantamento foi feito pelo Monitor do Debate Político no Meio Digital, um projeto que mapeia os conteúdos mais compartilhados e com mais interação na rede social ligado à USP. Para Pablo Ortellado, coordenador do projeto e professor de Políticas Públicas na Universidade de São Paulo, o resultado do levantamento é preocupante. “Mostra que a especulação mais selvagem e grosseira tem grande poder de difusão se colar na narrativa de um dos campos políticos”, disse ao EL PAÍS. “É o que aconteceu no caso Marielle e acontece agora também”. Após a morte de Marielle Franco, há quinze dias, diversas notícias falsas sobre a vida pessoal da vereadora do PSOL foram amplamente compartilhadas nas redes. A questão é tão grave que o próprio TSE (Tribunal Superior Eleitoral) resolveu nesta semana anunciar medidas para combater as notícias falsas. O problema é que o TSE usou uma notícia falsa como parâmetro dos sites mais difusores de boatos e só depois de alertado corrigiu o erro.

Nova mira

A dinâmica tem um padrão. Com um novo alvo na mira, portais como Pensa Brasil ou Jornal da Cidade difundiram o conteúdo falso sobre o ocorrido na caravana petista. O primeiro portal, cuja manchete era “Jornalista dentro no [sic] ônibus entrega PT: ‘Foi tudo armação os tiros [sic]”, teve mais de 195.000 compartilhamentos. O segundo, com 110.000 compartilhamentos, dizia: “Vereza advertiu sobre o atentado que o PT iria encenar”, atribuindo a informação ao ator Carlos Vereza. O ator usou seu Facebook para dizer que Lula não estava dentro do ônibus atingido e insinuar suas suspeitas, sem fundamento oficial, para dizer: “Ora, de repente, um tiro de um modesto 32 transforma-se numa bazuca de alto poder de destruição colocando em risco – não a vida do Pai dos Pobres que voava são e salvo num helicóptero financiado pelos degredados da senzala -, mas o bagageiro do ônibus, que resistiu (…)”.

Somente a terceira notícia mais compartilhada sobre o assunto era, de fato, verdadeira. A manchete “Dois ônibus da caravana de Lula são atingidos por quatro tiros no Paraná”, do jornal Folha de S. Paulo, alcançou 72.000 compartilhamentos. Ainda assim, é menos da metade do primeiro colocado no ranking.

Das dez mais compartilhadas, apenas duas eram noticiosas. Além da Folha, a manchete da revista Veja sobre o caso ficou em penúltimo lugar. O levantamento também mostra que todas as notícias falsas tendem para o mesmo lado, o da incriminação petista durante a caravana. Somente duas condenam o ocorrido: uma satírica, do humorístico Sensacionalista – “Segunda temporada de O mecanismo terá Lula atirando no próprio ônibus” – e outra analítica, do blog do Sakamoto – “Tiros contra a caravana de Lula mostram que já começamos transição à barbárie”, em último lugar, com 44.000 compartilhamentos.

Em quinto lugar neste levantamento, o site O Diário Nacional é compartilhado na página do Movimento Brasil Livre (MBL) no Facebook. Entre os difusores de fake news sobre Marielle Franco, o MBL foi apontado como um dos protagonistas reproduzindo nota do site Ceticismo Político.

Confira o ranking:

1. Pensa Brasil – “Jornalista dentro no ônibus entrega PT ‘Foi tudo armação os tiros” – 195.000 compartilhamentos

2. Jornal da Cidade Online – “Vereza advertiu sobre o atentado que o PT iria encenar” – 110.000 compartilhamentos

3. Folha de S. Paulo – “Dois ônibus da caravana de Lula são atingidos por quatro tiros no Paraná” – 72.000 compartilhamentos

4. Imprensa Viva – “Tiros nos ônibus de Lula – Policiais experientes não descartam a hipótese de armação” – 72.000 compartilhamentos

5. O Diário Nacional – “Autoridades desconfiam dos tiros no ônibus de Lula, diz site – 68.000 compartilhamentos

6. Sensacionalista – “Segunda temporada de O mecanismo terá Lula atirando no próprio ônibus” – 67.000 compartilhamentos

7. Imprensa Viva – “Lula estava em helicóptero quando identificaram tiro em ônibus. PT tenta desmentir Secretaria de Segurança do Paraná” – 60.000 compartilhamentos

8. Noticias Brasil Online – “Delegado Alertou Para Falso Atentado Contra Lula Que Estaria Sendo Articulado Pelo MST” – 51.000 compartilhamentos

9. Veja – “Caravana de Lula é alvo de tiros no Paraná” – 49.000 compartilhamentos

10. Blog do Sakamoto – “Tiros contra caravana de Lula mostram que já começamos transição à barbárie” – 44.000 compartilhamentos

Fonte:  El País

Deixe sua opinião