Assistência Social quer coibir esmola

A secretária de Assistência Social e Habitação de Brusque, Mariana Martins da Silva, se reuniu quarta-feira (1) com representantes da Polícia Militar, Ministério Público, Câmara de Dirigentes Lojistas e outras entidades para discutir a situação da doação de esmolas em Brusque. O encontro, que contou com a presença de vereadores, foi realizado no Conselho Tutelar, na Praça da Cidadania, com objetivo criar estratégias para coibir a esmola.

“A ideia não é somente coibir, mas possibilitar outras formas de ajudar essas pessoas com necessidade”, destacou a secretária. “Nossa intenção é criar uma campanha para conscientizar a sociedade que a melhor forma de ajudar não é dando esmola, mas muitas vezes apoiando projetos consistentes. O simples fato de a criança estar acompanhando o pai ou a mãe nos semáforos já a deixa em situação de vulnerabilidade, pois ela está tendo seus direitos negados. É uma criança que poderia estar na escola, ou na rua brincando”.

Deixe sua opinião