Após rebelião, Juiz Corregedor dos Presídios de Lages fará reunião com detentos

Após a rebelião de quinta-feira (19), 82 detentos foram transferidos do Presídio Regional de Lages, na Serra de Santa Catarina. Segundo o Juiz Corregedor dos Presídios de Lages, Geraldo Corrêa Bastos, novas remoções devem acontecer a partir de segunda-feira, quando fará uma reunião com os detentos.

A medida foi uma das solicitações dos presos, durante as negociações lideradas pelo Magistrado e que culminaram com o fim do motim, na tarde de quinta. Ainda de acordo com ele, a unidade prisional ficou bastante danificada e uma das alas foi totalmente destruída. A superlotação na unidade, com capacidade para 130 detentos, mas que abrigava 267 foi a motivação do tumulto, conforme Bastos.

Apenas um dos detentos feridos permanece internado no Hospital Tereza Ramos, após ter cerca de 40% do corpo queimado no incêndio provocado depois que presidiários atearam fogo em colchões.

Deixe sua opinião