Após perseguição, carro bate em caminhão e suspeito é morto pela PM em SC

Um suspeito de 22 anos morreu após levar um tiro da Polícia Militar e outro, de 21 anos, foi preso após uma perseguição policial em Balneário Camboriú, no Litoral Norte de Santa Catarina, na tarde desta sexta-feira (29). Ambos tinham diversas passagens pela polícia.

Segundo a PM, eles desobedeceram a uma ordem de parada da guarnição e fugiram em um Fiesta em alta velocidade. Eles jogaram miguelitos pelo caminho para impedir que a viatura avançasse e só pararam depois de bater na traseira de um caminhão estacionado, conforme a corporação.

De acordo com os agentes, o rapaz de 22 anos foi baleado porque, ao sair do carro, ameaçou os policiais com um revólver. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado, mas ele estava morto.

Na casa de onde os dois jovens haviam saído, de acordo com a corporação, os policiais encontraram um rádio comunicador, uma porção de maconha e R$ 600 em dinheiro. Lá, também localizaram um jovem de 19 anos que foi conduzido à delegacia.

Boletins de ocorrência

De acordo com a Polícia Militar, havia 13 bolentis de ocorrência registrados contra o jovem que foi morto. Ele era suspeito dos crimes de tráfico de drogas, roubo, fuga de pessoa presa e desobediência.

Contra o jovem preso, há 58 boletins de ocorrência, entre os principais estão ameaça, posse de drogas, roubo em comércio, tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo, dirigir sob efeito de álcool ou droga e receptação.

Já contra o jovem conduzido à delegacia, há 27 boletins de ocorrências, por crimes como posse de drogas, tráfico de drogas, furto e receptação.

Deixe sua opinião