APAE de Guabiruba completa 30 anos no dia 2 de março

A Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Guabiruba – APAE completa na próxima quinta-feira, 2 de março, 30 anos de fundação com 91 alunos, 34 profissionais e 2.608,03 m² de estrutura distribuída em cinco blocos. A data será marcada por homenagens e resgate da história a partir das 19h na sede da entidade, localizada na rua Paulo Kormann, Centro.

Fundada em 2 de março de 1987, a Associação criou sua Escola Especial em 1991 nas dependências da Escola Municipal Professor Arthur Wippel, tornando-se a primeira escola especial a ser integrada no ensino regular em Santa Catarina.

-Lembro quando vieram conversar comigo sobre o que eu achava. Eu achei muito bom, aceitei, pois ele poderia passar um período na escola. Naquela época ele era muito agitado, não parava, não escutava ninguém. Depois que entrou para a APAE mudou da noite para o dia – conta Marli Schmaia, mãe de Maicon Comper, hoje com 34 anos, e um dos primeiros alunos da APAE.

Além dele, outros dois frequentavam a escola: André Luiz Truppel, Eduardo Francisco Rieg. Um faleceu logo depois e o outro frequentou o local por um ano. Já Maicon, com deficiência visual e mental, continua até hoje na Associação.

– A APAE é a segunda casa para o meu filho e as professoras as segundas mães – diz Marli, destacando o quanto o filho gosta da entidade.

.

O colega de Maicon, Ciro Marciel dos Santos, 27 anos, também diz que gosta da escola.

Deixe sua opinião