ALGO ACONTECEU; MAS ALGUMAS PESSOAS NÃO QUEREM ADMITIR

Inúmeras são as consequências negativas que resultam de uma cheia e estas se não fossem suficientes, em Brusque, se somam a todo tipo de descuido, desrespeito, inconsequência e mau trato com a coisa pública, principalmente no que diz respeito a limpeza no momento em que as águas tornam a voltar ao leito natural do rio Itajaí-mirim.
ÁRVORES
Quanto ao curioso fato de uma grande quantidade de árvores terem sido arrancadas do calçadão às margens da Beira Rio, fica claro para quem usa aquele espaço para praticar atividade física, que a maioria das árvores foram arrancadas pelas máquinas utilizadas pela administração municipal interina. Algumas árvores, acredito que possam ter sido arrancadas pela força das águas, mas poucas.
Fica muito visível em alguns pontos, a marca deixada pela concha das máquinas em contato com a calçada. Os sinais deixados na calçada pelas máquinas, também indica que o alvo eram as árvores.
Se isso não é um crime ambiental, certamente é um crime, ou um descaso com o dinheiro público.
Não precisa ser nenhum perito para perceber que algumas árvores foram vítimas de corte, basta ver as fotos

 


SUPORTES
Outro fato interessante e que deve ser analisado, ou pelo menos considerado, é que dezenas de sarrafos que serviam de suportes das mudas das árvores, curiosamente não foram levados pela força das águas. Ficaram e ainda estão jogados por toda extensão da Beira Rio.

SUJEIRA
Há quase uma semana do início do momento em que as águas começaram a voltar ao curso natural, a administração interina ainda não conseguiu limpar grande parte das calçadas. Ou somente a região central será limpo e lavada?
Nas proximidades da ponte do Trabalhador quem fez a limpeza da via, acumulou a sujeira, o lixo, às margens do rio e até o momento não foi retirado. Estariam esperando uma nova cheia para jogar toda a sujeira entulhada para dentro do Itajaí-mirim?

RUAS

Principalmente nas vias secundárias dos bairros Santa Rita e Santa Terezinha, que se ligam a Avenida Beira Rio, ainda não receberam a visita da equipe que deveria estar incumbida da limpeza.

Deixe sua opinião