Alerta Laranja, Chuvas Intensas: Paraná, Rio Grande do Sul, Santa Catarina

INMET publica aviso iniciando em: 27/04/2019 00:00. Chuva entre 30 e 60 mm/h ou 50 e 100 mm/dia, ventos intensos (60-100 Km/h). Risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e de descargas elétricas.
As nuvens carregadas que estão espalhadas sobre o Sul do Brasil serão reforçadas neste sábado (27), pela formação de um novo sistema de baixa pressão atmosférica ao largo da costa gaúcha e da atuação de um cavado meteorológico, em médios níveis da atmosfera. Estes dois sistemas meteorológicos vão deixar o Rio Grande do Sul, parte de Santa Catarina e do Paraná em alerta total para temporais e chuva volumosa. 
 
 Situação de tempo severo

Todo o estado do Rio Grande do Sul, incluindo a Grande Porto Alegre, o sul e oeste de Santa Catarina e a região de Foz do Iguaçu, no sudoeste do Paraná, devem se preparar para um sábado de tempo severo, sujeito a temporais e chuva intensa ao qualquer momento, que deve acumular volumes elevados, com potencial para alagamentos.

Há risco de fortes rajadas de vento, que poderão atingir os 80 km/h.  Estas áreas vão receber os maiores volumes de chuva deste sábado.O sábado também será bastante instável nas demais áreas de Santa Catarina e no sul do Paraná, com algumas aberturas de sol e condições para chuva forte. Já a região da Grande Curitiba ainda pode contar com sol forte e somente a partir da tarde ocorrem pancadas de chuva moderadas a fortes.
A  Marinha do Brasil emitiu alerta de mar agitado, no oceano, longe da costa, entre Santa Catarina e o Paraná.Domingo de mais chuva
A chuva começa a perder força sobre o Rio Grande do Sul no domingo (28), mas as áreas de instabilidade ainda ficam ativas sobre Santa Catarina e o Paraná.
O dia promete mais chuva e o tempo fica fechado no leste catarinense e paranaense, inclusive nas regiões metropolitanas de Florianópolis e Curitiba. Ocorrem períodos de sol no interior, mas ainda há risco de chuva forte em ambos os estados.
Toda a instabilidade deve enfraquecer sobre o Sul no início da semana com o avanço de uma nova massa de ar seco. A tendência é de queda nas temperaturas mínimas, mas essa massa ainda não traz frio intenso.
Clima tempo 

 

 

Deixe sua opinião