Acadêmicos de Engenharia Mecânica da UNIFEBE são premiados

Os vencedores da 5ª edição do Hands-On — projeto que promove a vivência de atividades práticas e o cotidiano no desenvolvimento de projetos de Engenharia Mecânica — foram conhecidos na noite de terça-feira, 30 de abril, em evento de premiação realizado no Centro Universitário de Brusque (UNIFEBE).

Após um mês de intenso trabalho, a equipe Mercury 1 foi a campeã do desafio, seguida da Dividere G9, que obteve o segundo lugar e da SCS – Second Chance Separator, que conquistou a terceira colocação. Todos os alunos receberam certificado de Honra ao Mérito e os vencedores ganharam uma mochila e um copo térmico personalizado.

Nesta edição, os acadêmicos foram desafiados a projetar e construir um protótipo funcional de uma máquina para separação de refilas – equipamento dedicado para a indústria de reciclagem e reaproveitamento de materiais poliméricos. O tema, emergente e vinculado à indústria, contou com a parceria da Simplastic – empresa de Brusque que atua no reaproveitamento de materiais plásticos

Os grupos vencedores foram avaliados através do engajamento nas mídias sociais oficiais da UNIFEBE: Youtube e Facebook e também pela análise de uma banca técnica, que considerou se o trabalho atingiu dez itens específicos.

Para Bernard Bodemüller, da 8ª fase, integrante da equipe campeã, a conquista se deu devido ao envolvimento de todos os colegas e pela organização do grupo.

— Realizamos um cronograma e cumprimos rigorosamente. Fizemos um gerenciamento de riscos e como questão estratégica imprimimos as peças funcionais antes do tempo estabelecido. Estamos felizes com o resultado e cada vez mais convictos de que o Hands-On é um grande diferencial competitivo da UNIFEBE — enfatiza.

Franciane da Silva Alves, da 10ª fase, aluna da equipe que obteve o segundo lugar, ressalta que foi gratificante a conquista. Conforme ela, o projeto permite que os acadêmicos coloquem em prática, ainda na universidade, aquilo que se vive no cotidiano do mercado de trabalho.

— É muito importante termos essa vivência, de desenvolver uma máquina para uma empresa, solucionar problemas e integrar diversas áreas. Este resultado demonstra o engajamento da nossa equipe — salienta.

Criatividade e empenho

Como nas edições anteriores, o Hands-On atingiu seus objetivos. O coordenador do curso de Engenharia Mecânica, Denis Boing, destaca a criatividade e o empenho dos acadêmicos para a solução dos problemas. Para ele, o principal diferencial foi a relação com a empresa envolvida no tema emergente – reciclagem e reaproveitamento.

— Os projetos desenvolvidos são extremamente complexos. Temos certeza que nossos alunos estão melhor preparados. A dificuldade desta edição foi a atuação com um problema real de Engenharia, ou seja, as situações que os acadêmicos irão encontrar no mercado de trabalho.  A evolução técnica é exponencial a cada edição do Hands-On. Esperamos com este projeto mostrar novos segmentos de atuação para nossos acadêmicos, bem como estabelecer novas parcerias com indústrias para os desafios das próximas edições — ressalta.

Outro grande diferencial, enfatizado por Boing, é que a equipe campeã continuará o desenvolvimento do projeto com a empresa parceira.

 — Esperamos que a continuidade do projeto gere uma Startup e com isso promova oportunidades aos nossos acadêmicos e o desenvolvimento da região — salienta.

O proprietário da Simplastic, Rodrigo Fernando Simas, que é egresso da UNIFEBE, colaborar com o Hands-on foi extremamente relevante. Ele observa que os trabalhos atingiram um nível técnico elevado e enfatiza que será motivador continuar executando o projeto na empresa.

A reitora da UNIFEBE, Rosemari Glatz, salienta que o Hands-On permite, de fato, que os alunos coloquem a mão na massa e assim tenha uma formação mais plena.

— O envolvimento dos professores, estudantes e de toda a comunidade acadêmica neste projeto é algo que nos orgulha muito, porque é um exemplo de sucesso — destaca.

Os vencedores

1º lugar

Grupo 06: Mercury 1

https://www.youtube.com/watch?v=Wv-CJIREqhY

Adalberto Speck Dias, Bernard Bodemüller, Daniel Elias Gonçalves, Felipe Pedrini Maestri, Gabriel Durante Da Silva, Jessica Heloise Soares, João Marcos Busnardo, João Vitor Bueno Depiere, Lucas Gamba, Lucas Guimarães Dos Santos, Lucas Schad, Luís Carlos Frensch e Luis Felipe Schlindwein De Souza.

2º lugar

Grupo 09: DIVIDERE G9

https://www.youtube.com/watch?v=5GuHwogu5j0

Alexander Beuting Campos, Bruno Da Costa De Castro, Eduardo Pessoa, Fernanda Hilleshein, Franciane Da Silva Alves, Laísa Beatriz Tavares Barros Colombi, Macsuel Redante Antunes, Rafael De Sousa, Rafael Eller Riscaroli, Rodrigo Bianchessi, Victor Hugo Leite Sebold e Wellington Willian Barchfeld.

3º lugar

Grupo 08: SCS – Second Chance Separator

https://www.youtube.com/watch?v=rEK2BJHhxK8

Arthur de Mello, Carlos Eduardo Horn, Djamar Moukarzel Salvador, Emanuelly Cristina Trindade, Gabriel Tonioli, Igor dos Santos Roik, Ivan Carlos Rocha, Jarbas de Freitas, Jonata Loureiro, Marcia Beatriz Debatin, Mateus Cestari, Mateus Filipi Moresco Jorge e Thiago Ferrarin Cordeiro.

Deixe sua opinião